quarta-feira, janeiro 21, 2009

nem te conto...

E Barak Obama tomou posse. E bem, de todas as coisas que se esperam desta pessoa que atingiu uma aura de ídolo apenas por sua referência histórica, espero que ele se saia bem e que não decepcione demais, pois muitos esperam algo dele que ele não será capaz de fazer.
Mas historicamente, esse é um marco. Não pelo renascimento da esperança, não pelas lágrimas de emoção que saíram estampadas nos jornais ou na confirmação de algo que todos sabiam: que a cor da pele não representa um empecilho para um homem governar uma nação ou nem mesmo pela expectativa de que isso significaria que todas as barreiras seriam derrubadas. Na verdade, ele representa algo muito sutil, mas uma mudança profunda: um dos países mais racistas do mundo elegeu um negro como seu presidente. Essa será a marca histórica. E mesmo que seu governo não represente muita coisa ao final dos 4 anos, ele representou algo como a queda do muro de Berlim: as vidas dos alemães não foram consertadas por esse ato, as injustiças não foram esquecidas e as diferenças marcaram a alma. Mas o símbolo ficou na história. E dele muito (ou nada) pode ser feito no futuro...

***

Fui convidada para ser madrinha de casamente e ai!!! meu Deus!! agora preciso mais do que nunca (eh Faustão!) emagrecer!!! E o casamento será em 14 de março! Será que eu consigo emagrecer 20 kilos até lá????

Apenas para atualizar: não como, não mato, não morro... quer dizer, não como, não sinto fome e não me lembro de comida (não é que meu Alzheimer tem algo de bom??). Benditas bolinhas!!!

E não, minhas bolinhas para memória não ficaram prontas. Agora quem esqueceu delas foi a balconista da farmácia de manipulação. Ontem foi o motoboy que as esqueceu na farmácia. E anteontem o cara que faz as fórmulas que alegou não ter material suficiente para fazer as cápsulas. E transonteontem fui eu que esqueci a fórmula na farmácia que não manipulava esse medicamento...
Interessante o efeito que um medicamento para a memória pode causar nas pessoas, heim?

***

No mais, não acredito mais no mundo. Acho que ele é igual a gnomo, só tem sentido depois que as pessoas ingerem muitas drogas. Não, não estou fazendo apologia às drogas, estou mesmo é fazendo apologia a descrença.

Não, não vou comentar que estou fula por que vi mais um trailer de filme (mais um!) sobre bandidos que alegam não ter dinheiro para comprar comida, mas que compram semi-automáticas dos traficantes... e depois enfiam essas semi-automáticas na fuça de trabalhadores e pais de família...e que sabe Deus por que ainda têm a coragem de serem retratados como heróis, vítimas que se levantaram das cinzas (de seus mortos) e ganharam o mundo... aliás, para quem não ia comentar nada, já comentei demais!!!

Enfim, o mundo continua o mesmo, foi só a Dalila que respirou fundo e resolveu assistir tv...

E nos dramas humanos mais individuais, mulheres de um lado que não conseguem engravidar e sofrem por anos tentando, gastam somas exorbitantes de dinheiro e no fim ficam com a tristeza e frustração marcadas em suas vidas. Do outro lado crianças nascem e suas mães que os jogam em lixeiras, que os abandonam à propria sorte ou que os torturam enquanto são indefesos. Que mundo estranho...

Mas chega do lado negro da coisa. O mundo que seja devolvido aos seus gnomos coloridos e overdoses de tristeza...

***

Fui assitir ao Benjamim Button. E bem, no fim saí de lá com a sensação de que foram as três horas mais compridas da minha vida... não que o filme seja ruim, não é, mas é tipo um Forrest Gump, sem muita graça. É um drama longo e arrastado, interessante, mas não muito mais do que isso. E, bem, uma raridade: não sei bem o que quis dizer no fim!!! rsrsrsrs. Acabou o filme e fiquei me perguntando: qual foi a mensagem? que não importa a direção da vida que tomamos, sempre acabaremos babando, carecas e de fraldas? hmmm, sei não...

***

Já não bastava o fato de escrever em dois blogs ao mesmo tempo e num diário em casa, ter escrito um livro e fazer mais um milhão de outras coisas ao mesmo tempo, agora dei para escrever contos!!!
Ontem cheguei em casa e escrevi dois, numa sentada só. Um de fantasia e outro de terror. Não preciso dizer que o de terror saiu infinitamente melhor que o de fantasia... vou começar a postá-los aqui, o que vcs acham? Estão a fim de ler?

domingo, janeiro 18, 2009

Notas

Seguem minhas notas para o fim de semana:

Dieta: nota 10! (estou comendo pouco e só adequadamente: café, almoço, jantar e um lanche da tarde para não afogar o jantar)

Fome: zero (não é programa do barbudo, é que eu estou com zero de fome! abençoada bolinha!!!)

Auto-estima: uns 5 (cresceu, pois na semana passada estava abaixo de zero!)

Leitura: 7 (voltei a ler o Lestat (o vampiro) e deixei o Nietzsche de lado um pouquinho)

TV, cinema: zero (queria ter ido ver 'Benjamin Button', mas meu pai me alugou para fazer uns banners para ele - como eu apanho horrivelmente do Photoshop, demorou o fim de semana inteiro!)
(nossa, que vidinha simples, não??)

No mais tudo igual!


Segue um link de um blog que eu curto muito de uma guria que emagreceu 72 kg. Neste post ela sintetizou toda da história dela. Prestem atenção na Lua-de-mel - o quanto dá para aprender lá: recuperar a feminilidade, a auto-estima, sair para as baladas, atrair olhares... Quanto disso tudo deixamos para trás conforme os kilos se acumulam??


Leiam, vale a pena:



sábado, janeiro 17, 2009

Dia magro nº 2

Noooosssa, ninguém se interessou pelo meu cérebro! que fracasso...

Fui ao médico e falei que engordei 6 kilos em 15 dias e ele me falou:
-vamos partir para um tratamento de choque!
- isso mesmo!
- Femproporex?
- não pode ser anfepramona?
- pode ser, vou receitar!
Posso dizer que foi minha primeira auto-consulta com a psicografia do médico na receita...

Depois falei que não tenho mais memória e ele falou:
- vou receitar um remédio para isso!
-existe remédio para isso?
-existe sim, inclusive se vc está estudando para uma prova, vc consegue gravar tudo!
-nossa!!! me vê uma caixa desses!!
Enquanto ele fazia a receita, falou:
-vc toma um comprimido na hora que acordar.
-(não aguentei e fiz a pergunta-clichê) e se eu esquecer???

Enfim, comecei meus comprimidinhos ontem, estou muito feliz!!! Só estou tomando o de emagrecer, pois esqueci a receita do comprimido de memória com a menina que faz cotação (puta que pariu!)!

Agora sim vou ficar magra, voltar a ser quem eu era, ir acampar, ir passear, comprar vestidinhos... Estou absolutamente exultante!!
Ontem fiz certinho, comi salada, à noite comi um queijo quente, mas deixei praticamente todo o queijo no prato, não coloquei uma grama de açucar na boca e não tive vontade de preencher o buraco negro que fica bem no meio do peito. Tudo foi perfeito!!

Hoje vou sair para comprar frutas, agora meio-dia vou almoçar no restaurante vegetariano, à tarde vou passear com o maridão. Ah não! ele vai para a aula, então eu ou arrastar minha mãe para caminhar...

Ontem pintei o cabelo (estava enjoada de arrancar cabelos brancos na frente do espelho! estava ficando careca...), enfim, estou deixando de ser o Jabba the hut para voltar a ser um ser humano!

Conto para vcs depois, ok?

***

Livros:

Não acabo nunca o "Quando o Nietzsche chorou". Acho que é muito cabeça para minha cabeça...
Mas é bom, recomendo. Só não é livro de devorar.
E o mais incrível: descobri que sou a reencarnação de Nietzsche!! rsrsrs
Tirando a genialidade, se vc deixar apenas as conclusões amargas sobre a humanidade, o pessimismo, a revolta, a amargura, bem, eu poderia realmente ser ele... rsrsrs
Olha só: ele falou que a esperança é o pior sentimento humano... Me senti plagiada! Sorte que ele viveu há mais de 100 anos, senão esse baixinho iria ver só...
Ele falou que ninguém é bom, que o ser humano é essencialmente mal e egoísta e que age sempre de forma a se sentir bem e não para fazer o bem para as outras pessoas...

É, gostei do cara!

Eu tinha lido "O Anticristo" dele. Mas o livro tem raiva e revolta demais, então fica super-cansativo... Acho que vou ler "Assim falou Zaratustra" - alguém já leu? Gostou?

Mas no mais estou lendo o livro meio devagar... putz, não vejo a hora de acabar, tem tantos outros me esperando na prateleira!

***

É no more news...

terça-feira, janeiro 13, 2009

Preciso emagrecer URGENTEEEEEE!!!!



Gente, é o seguinte: ou esse corpo que não me pertence sai de mim ou eu saio dele. Mesmo que tenha que abduzir um bode!! acho que virar bode pode ser melhor do que continuar uma geléia de celulite!!!

Meu Deus, quem é essa bolha assassina que está amolecendo e deformando meu corpo???

Decidi ontem à noite que vou voltar a tomar remédios de emagrecer, pois se esperar mais 2 meses e continuar nesta progressão aritmétrica, vou chegar na páscoa com 100 kilos!!!

Já marquei médico. Marquei gineco para cuidar dos países baixos e depois voltar para o projeto família e depois marquei um charlata que me dá os remédios que peço, por lo tanto, vou pedir amfepramona. Esse eu nunca tomei. Acho que é o único que nunca tomei. Vamos nessa. Mais uma vez, peço que me avisem (ou liguem para o meu marido) se eu me tornar desesperadamente esquisita. Sei lá, tentar convertê-los à seita dos hipogrifos ou achar que sou um sapo que faz parte de uma macumba que fizeram para o teu vizinho. Não sei. Algo um pouco mais esquisito do que vcs já estão acostumadas.

No mais, o que posso fazer para emagrecer? Alguma idéia mirabolante, tipo tomar pinho sol e pular três vezes uma fogueira azul? Encontrar um unicórnio e copular com ele??? sei lá, faço qualquer coisa, qualquer coisa mesmo!!!!

Amanhã eu conto como foi a experiência amfepramônica...

Quero deixar uma pegunta para pensar em casa: por que diabos a gente entra em compulsão alimentar toda vez que decide fazer dieta???? Demência???? Uma psicose imbecil de nos fuder pelas próprias costas ??? Mania de se auto-contrariar?? Mania de perseguição ao contrário(- erh, erh, puxa, sabe amigo, estão me perseguindo... - sério? como assim? quem é? - hmmm....não sei bem... sei que é familiar pacas... e sabe, só consigo ver direito quando passo em frente de portas e janelas, mas sabe o esquisito é que quando olho atrás das portas e das janelas, essa tal some, desaparece, tipo... entra nos tijolos, manja? - puxa, que estranho! - pois é, só sei que ela está tentano me ferrar!)
Senhor da caropita, por que comemos quando queremos parar de comer? tem um duende dentro de nossa cabeça que deliberadamente faz tudo ao contrário do que nos propomos? como matamos esse maldito?


De novo concluo que não preciso de cirurgia de estômago, mas de uma lobotomia, choques elétricos ou talvez alguém já tenha inventado transplante de cérebro!!! Vocês conhecem alguém que tope trocar?? Aí vai o anúncio, afinal, a esperança matou o burro (acho que não era isso...):


Troco cérebro semi-novo (ok, meia-vida vai...) do sexo feminino, quase zero kilômetro, excelente estado de conservação, grande banco de dados literário, grande armazenamento de filmes e trapos coloridos, banco de dados praticamente vazio para novelas (a última que assistiu foi O Rei do Gado), sem religião, sem filiação partidária (mas avisamos que não é bom puxar muito o saco dos vermelhos e barbudos), não terá o inconveniente de se lembrar de pessoas conhecidas (apresenta alguns lapsos de memória e atos falhos eventuais, mas nada que denigra a beleza de suas curvas, as belíssimas artérias azuladas e os inúmeros voltíolos graciosos), possui humor negro ou sarcástico naturais, , aprecia doces (e salgados, e massas, e frituras, e gorduras, e bebidas alcólicas, etc.), possui um pequeno defeito que pode ser caracterizado como ausência total de localização espacial - mas se vc ligar agora, vc ganhará um GPS Neo 8070 novinho em folha ao adquirir esse exemplar!! Ei, espere! Ligue agora e ganhe DOIS GPSs Neo 8070!!! Um exemplar raríssimo, vc não pode perder! Aceita troca por outro que seja semelhante ao da Gisele Bunchen ou Ana Hickman, e nestes casos, aceita imediatamente troca de corpo também! Consideraremos sua contra-proposta! Ligue Djááá para o telefone 9999-9999!

domingo, janeiro 11, 2009

Odeio Big Brother!!

E agora terá início o BBB9. Caras idiotas ao lado de meninas desesperadas para tirar a roupa, um caipira, uma megera, um bonzinho, uma gostosa, um corno, uma futriqueira... nunca assisti esse treco, pois de tudo que já foi inventado para a TV e que é insuportável, isso para mim é o mais insuportável dos insuportáveis dramas-fake-reais do mundo! Figura entre Programa Eleitoral Gratuito (que pelo menos é engraçado) e Globo rural. Odeio!! Agora todo mundo começa a falar da "casa", de quem está embaixo (ou em cima) do edredon de quem, quem trapaceou quem e aqueles papos esquisitos de anjos, asas, ou sei lá mais o quê... meu, que saco! soooo boring! ave!! E o que é pior: acho que sou a única esquisita no mundo, pois todos amam esse negócio!! por que será??? não consigo entender... se alguém tiver saco suficiente, please, me explique...


***

Estou uma monstra gorda, comecei o ano como a Magrita falou no blog dela: mais gorda que nunca! como diria o barbudo, nunca na história deste país fiquei tão gorda sem motivo (ah, sim, vai ver que tive motivos para ficar gorda antes... rsrs) então me rendi a algo que todo o mundo falou a vida inteira para eu fazer mas eu tinha medo de perguntar... comer de 3 em 3 horas. Peguei a dieta que ajudou a mamãe a perder 10 kilos e amanhã começo a detonar. Elizabeth, please, me ajude a ir para a luz...

Fora isso, estou andando de bicicleta até umas 3 horas e estou amando! Levo meu celula com musicoilas bem legais e nem percebo que estou pedalando, só sinto o vento na cara e pedalo no ritmo da música! muito bom!


***
Estou aqui casquetando por que todas as pessoas que fazem plástica ficam com a mesma cara, como naquele clip do Pink Floyd "The Wall". O pior é que aquela cara não é bonita, então por que carái os médicos copiam essa cara de bozo?????? Vamos a alguns exemplos praticos (com acento em prá ou sem??? merda de reforma ortográfica - estou me sentindo muda - não consigo mais escrever!):



Todos as pessoas ficam com essa bochecha gorda e caída, um olho maior que o outro, um buraco do nariz maior que o outro e esses terríveis beiços de pato... Sei não, já que existe um processo padronizado para fazer esse treco, será que não dá para usar um modelo bonito, pelo menos???

***
Lendo essa semana: "Quando Nietzche chorou". Parei o "Lestat - O Vampiro" de novo e tenho uma prateleira cheia ainda para ler. E sim, essa semana tive mais um finiquito e comprei mais um monte de livros na Amazon: Twilight (o livro Crespúsculo, só que em inglês), Dewey - the cat blá blá (não lembro o nome), The Mists of Avalon (lembram das Brumas de Avalon???) e um da Nora Roberts que não lembro o nome (alguém já leu algo dela?). Quando pagar esses vou comprar os demais livros da Marian Keyes do Melancia - adorei!!
No mais, esta semana vou seguir o conselho abaixo:


terça-feira, janeiro 06, 2009

Vida!

Bem, vamos levantar um pouco as coisas por aqui!
Recebi uma notícia mais ou menos boa na questão fertilidade, o que me deixou um pouco mais animada, esperando uma nova opção a vir... quem sabe...

Parei com os antidepressivos e com os remédios de emagrecer. Parei também com a dieta (até ontem!), com a Meta Real e tive férias da ginástica. O saldo? + 6 kilos em 15 dias. Falei que eu sou a Mulher-Balão, não falei? Ninguém sabe engordar como eu sei!



Só não abandonei o vegetarianismo, e esse acho que nunca vou abandonar.

Mas ok, pois voltei de Bonito disposta a voltar a viver e a jogar uma pá de cal no limbo que eu estava arrastando em minha vida!

Então hoje fiz dieta e cheguei em casa e saímos eu e meu marido andar de bicicleta. Andamos 1h30 mais ou menos, aí voltamos para não ficar com dor nas pernas. E depois de uns milhões de encontrões, o fato de eu não conseguir de jeito nenhum andar em linha reta e de ter quase atropelado uns par de transeuntes, para variar um pouco, caí. E olha que já estava quase em casa... Demorou. Tá certo que não tenho mais idade para sair por aí caindo de bicicleta, mas como caio um monte, não deu outra. Estou com o pulso inchado e doendo pacas. Mas não importa: amanhã vou andar de novo! (agora vc vai ter que pensar: isso é masoquismo ou coragem, heim? Tostines é mais fresquinho por que vende mais ou vende mais por que é mais fresquinho??)

Vou fazer exercícios, curso de mergulho e até um tal de canonismo que meu marido descobriu, que é uma trilha na água juntamente com rapel em cachoeiras. Yes!!! Vou ver essa semana e depois eu conto.

No mais, assisti Crespúsculo de novo, desta vez levei a minha mãe e minha sogra, além de ter encontrado uma amiga que estava a fim de ver o filme pela terceira vez e se juntou a comitiva mulheril para ver aquele monumento daquele vampiro. E sabe, desta vez até que gostei mais do filme. Senti falta da gritaria da puberdade, pois desta vez o público deveria ter mais do que 15 anos e se comportou como normalmente é comum aos cinemas... Mas foi melhorzinho, até por que eu já não tinha gostado, então fui com uma expectativa lá embaixo. Minha mãe e minha sogra amaram! Pareciam duas crianças! Acharam lindo! E valeu para caramba, pois foi bem legal, principalmente para fazer um programa diferente, mudar um pouco esse negócio de só sair com marido ou só com a família inteira. Ontem foi uma reuniãozinha do clube da luluzinha. Falamos do vampiro, demos risada, suspiramos (óh ceus! acho que já passamos da idade!) e bem, foi bem legal.


No mais, não tem mais. Vou escrever pouco, assim vcs conseguem ter saco suficiente para ler, ok?


sábado, janeiro 03, 2009

Sobre o limbo e outros monstros...

Limbo

Minha mãe definiu muito bem o período que passamos. Bem, logicamente cada uma à sua maneira, mas no fim ela descreveu bem. Que andamos e que depois somos jogados em um abismo e tentamos subir pelas paredes mas as paredes desbencam, em um barro mole...
É assim que estou me sentindo: passei cinco anos dentro de um abismo. Dentro do limbo. Não sei o que é exatamente o limbo, mas acho que deve ser algo tipo um lodo fedorento, um monte de rugidos e gritos raivosos ao seu lado, medo, escuridão e tristezas tão grandes que poderiam ser cortados à faca. E anos e anos desta situação embrulhada, sombria e sem perspectivas, com as tentativas periódicas de subir pelas paredes lodosas que despencam com o peso do nosso corpo. Acho que se existir inferno, já devo ter passado por ele, portanto, nada pode ser muito pior não...
OK, a boa (?) notícia é que consegui subir pelas paredes e cheguei em cima do buracão. E bem, obviamente não gostei muito do resultado.
Mas ok, acho que agora posso voltar a viver. O esquisito é ficar me perguntando o tempo inteiro onde diabos foi parar o tempo, enquanto nos últimos 5 anos eu só pensava em morrer. Mas não morri e lá vai: o tempo passou do mesmo jeito. E no fim, estou aqui assustada como uma cadela na avenida paulista olhando pasmada para uma mulher de 33 anos que sei lá de que galáxia veio encarnar no meu corpo. E o tempo não volta, mas absolutamente não sei para onde foi... para onde foi??? meu Deus...

***

Ano novo:

Viramos o ano nos lamentamos que viramos a curva dos 30 sem ter curtido a vida como gostaríamos e concluímos que assim que começamos a trabalhar aos 16 anos, nossa vida parou de viver. Quer dizer, o tempo continuou a marcar, mas todos os dias dos últimos 17 anos não foram o mesmo dia? acordar, escovar os dentes, tomar banho,dirigir, passar cartão, trabalhar, almoçar, trabalhar, ir embora, dormir e voltar ao mesmo esquema anterior? Ichi. Além disso ainda passei anos no limbo, o que deve ter ferrado a noção geral de tempo até agora... mas esquece, não era isso que eu iria falar.
Começamos reclamando e decidimos que este ano vamos beber mais e se preocupar menos, tomar mais cerveja e menos suco, viajar mais e estudar menos, fazer mais coisas gostosas e menos planos. É isso. E depois fiquei devaneando por todos os porres que tomei na vida (logicamente já deveria estar na terceira cerveja) e bem, decobri que tive uma boa vida! E meu marido se lembrou que tínhamos começado aquela conversa com lágrimas nos olhos e estávamos em menos de 20 minutos chorando de rir dos meus porres, da garrafa de amarula que eu entornei e depois não conseguia nem ficar em pé e de todas as vezes que vomitei as tripas... incrível... mas no fim, a vida foi boa...
Enfim, novos planos a partir de agora!

***

E atirei o pau no gato não vai mais exitir...


Partidários do policamente correto querem abolir a bruxa malvada, o lobo mau, o saci pererê e até o gato da cantiga...
se a situação deste país absolutamente imbecil não fosse tão ridícula, poderíamos até pensar que existiam boas intenções por trás desta ação.
As crianças não podem ouvir falar de lobos que engolem velhinhas, mas têm que engolir pedófilos que se beneficiam de uma tal semi-liberdade que os permite bulinar seus amigos e ainda serem tachados pela tv como uma vítima da sociedade.
O meu maior medo é de que as crianças cresçam sem ter idéia alguma de que matar a vovozinha é abominável, pois as palavras são escondidas, as histórias recontadas e a moral anda cada vez mais torta...
Proibir a Chapeuzinho Vermelho de existir e divulgar homicidas e serial killers como pobres vítimas inocentes e dignos de pena e perdão é algo que neste país seria possível de existir...

***


Sorry pelo tom meio sombrio do post, amanhã prometo que volto mais bem-humorada, ok??

***


Ah!!! Assisti "Marley e Eu" - delicioso! É uma comédia em que pude ver na telona meu cachorro que para o Marley só falta mudar o seu nome de Hector para Marley. Desmiolado, destruidor, comeu tantas coisas como o labrador retardado do filme, lembrem do meu cachorrão quando vcs assistirem, vcs vão se divertir! E levem lencinhos de papel, pois todo mundo sai chorando no final. Mesmo eu, que fiquei me falando: seje home! saí de lá com lágrimas escorrendo pelas bochechas gorduchas...
Não chorei com o livro e ah!! é igualzinho ao livro! Estava apavorada de ser mais um filme de cachorro (deio filmes de cahorro!!! Principalmente se eles falam ou tem crianças babentas atrás deles!!), mas não, o Marley não fala e não faz malabarismos com efeitos de comptação gráfica, ao contrário, pegaram uns labradores debilóides e simplesmente os deixaram serem quem eles são, com o pano de fundo da história do casal durante a vida do cachorro. Uma delícia.

Ah, e vejam a Kathleen Turner como a adestradora - um verdadeiro épico da decadência - de uma mulher absolutamente linda e deslumbrante, virou um bagulhão inacreditável. Se vc não chorar pela morte do Marley, vai chorar de tristeza ao vê-la na tela... triste realmente como a beleza pode realmente desaparecer...




E copie o link abaixo para ver o trailer (sei lá por que não consigo pôr o link...):

http://images.google.com.br/imgres?imgurl=http://www.judao.com.br/wp-content/uploads/2008/06/marley_and_me.jpg&imgrefurl=http://www.judao.com.br/cinema/teaser-trailer-de-marley-eu/&usg=__lZVHrucK90h9uJznZVWkZyqXRes=&h=231&w=552&sz=16&hl=pt-BR&start=12&tbnid=Ur6BvdNzFP4VjM:&tbnh=56&tbnw=133&prev=/images%3Fq%3DMarley%2B%2526%2BMe%2BPoster%26gbv%3D2%26hl%3Dpt-BR%26sa%3DG



***

Estou lendo "Cem Anos de Solidão" do Gabriel Garcia Marques para o meu marido durante a viagem de 12 horas (de Bonito-SP), com escala em uma cidade maldita que não lembro o nome nem por um milhão de reais. Esse é um dos meus livros favoritos. Em nossa última viagem eu li para ele "Memórias de minhas putas tristes". Como meu marido não curte ler, sei que Gabriel Garcia Marques ele vai curtir. Curtiu da última vez e está curtindo de novo... e sei lá, por algum mo.tivo estranho, acho que os livros dele combinam com viagens...


Mil beijos diretamente de fora do limbo, nos primeiros passos rastejantes neste musgo verde daqui de fora...

sexta-feira, janeiro 02, 2009

Ano novo, blog novo... quer dizer novo não, esse blog!

Então, dei um tempo no outro blog (acabava sempre pensando que deveria postar algo lá, mas não tinha muita coisa para postar sobre o assunto bebês... ), então estarei aqui (como já estava mais por aqui do que por lá).

Antes de escrever rapidamente gostaria de explicar que a internet daqui não é lá essas coisas, então estou visitando os blogs mui rapidamente e mui levianamente, pois no meio das minhas leituras a internet trava, por lo tanto, estarei atualizando meus comments e visitinhas, ok?

***

Em bonito: só chove. Está mais suportável, afinal o calor aqui é de fritar ovo no cocoruco!
O problema é que não visitei a gruta do Lago Azul, a coisa mais linda daqui... mas ok, depois posto uma foto das cachoeiras de ontem da Fazenda Mimosa e uma foto da flutuação de hoje, onde tive menos problemas com o snorkel e consequentemente consegui visitar mais o rio e me afogar menos. Muito lindo...

***

Estou gorda como uma porca. A volta terá como consequencia mais kilos a serem perdidos... (ah, sorry, mas o doce-de-leite daqui é demais...)

***

E as novas regras ortográficas já estão valendo! ótimo! Agora tudo aquilo que não deu tempo de eu aprender e tudo aquilo que era uma dificuldade comum se transformou num limbo mal cheiroso e não identificado, onde andamos às cegas (tem crase?), sem certezas ou condições de pisar nas pedras que antes freqüentemente (sem trema) já não era muito seguro...
Shit. Se somos o maior país do mundo que fala essa língua, por que cargas d'água temos que adaptar o nosso português ao resto do mundo e não o contrário? Só por que fomos nós a deturpar muito mais o idioma que qualquer outra nação? oh, saco... já não seria de se dar graças a deus o fato de não termos dialeto em um país de 190 milhões, que já não sabem como falar-escrever-ler e ainda agora saberão menos ainda? Desculpem, mas estou revoltada. Já não era uma expert, agora então, estou no escuro.
E nem gostei do guardachuva tudojunto, ficou muito esquisito...

***

Outra coisa: please, povo, de tudo que existe nesse mundo, por favor não usem aquela sandália mega-esquisita (sem hífen?) de EVA que mais parece que foi feita para combinar com a máscara do Jason: Crocs. Acho. Senhor da Caropita!! Acho que nunca existiu algo tão feio neste planeta, nem os enxuca-poça (sem a porra do hífen?) dos anos 80!!!! Segue uma foto para vcs saberem do que estou falando, se bem que já devem saber, pois não devem existir sandálias tão feias para serem confundidas por aí...
Meu, desde os shorts balonê, que voltaram do inferno esse ano e sorry, por mais linda que tu sejas, vai ficar parecendo que está usando uma fralda suja, essa sandália dá de 10 a 0 no quesito esquisice, feiúra e deselegância. Desculpem a franqueza, mas acho isso horrível...

***

No mais, as férias acabaram, Bonito acabou e amanhã será dia de voltar para casa...
Queria postar mais fotos, mas não deu. Depois vou colocar no youtubiu um vídeo do mergulho de hoje, em que passamos por um cardume de peixes. Lindão!!

Mil beijos,